• Densha Otoko

    Densha Otoko – Homem do Trem – é um romance baseado na história real de um otaku que salva Hermes – uma garota rica e bonita – de um bêbado no trem. Os fatos foram registrados num fórum japonês de discussões para solteiros, o 2channel; e em 2004 compilaram-se as mensagens num livro. O sucesso foi tão grande que em 2005 a obra foi adaptada para televisão com 11 episódios e um especial lançado em 2006. No Brasil o livro foi lançado em 2013 pela JBC.


    Densha Otoko é um garoto de 22 anos (na série de TV ele tem 23 e se chama Tsuyoshi Yamada) cujo estilo de vida é típico de um otaku japonês: assiste animes, frequenta Akihabara, coleciona figures, usa óculos, tímido, baixinho e se veste igual um nerd. Trabalha em uma empresa pequena e, por causa do seu estilo otaku e ingenuidade, é discriminado e enganado por todos. As mulheres passam longe dele. 

    Ele conhece Hermes, uma garota mais velha, alta, refinada, bem sucedida e muito bonita, cujo nome na série de TV é Saori Aoyama. Em um ímpeto de coragem, Densha Otoko a salva de um bêbado no trem e relata o ocorrido em um fórum para solteiros anônimos, pedindo conselhos para conquistá-la. 

    Inicialmente todos acham que é um romance improvável e sem futuro, porém, ao receber um presente de agradecimento de Hermes, Densha Otoko reúne todas as suas forças e a convida para sair. A partir daí ele se transforma e faz o impossível para ser aceito por Hermes.


    Livro e o Dorama 
    A história do livro são as mensagens compiladas do fórum 2channel (www.2ch.net). A leitura é interessante e envolve vários emoticons japoneses e desenhos feitos com caracteres. 

    A história de Densha Otoko comoveu os usuários, na maioria homens e nerds, que prestaram várias dicas para encorajar o tímido otaku. A narrativa é interessante e, apesar dos usuários serem anônimos, nota-se personalidade em cada um deles: há o rapaz que sempre narra os fatos igual um soldado em campo de batalha, outro que gosta de registrar as frases de Hermes, o desenhista ascii, entre outros. 

    O dorama, por sua vez, é muito divertido e também emocionante, com cenas de tocar o coração. Os fatos do livro foram adaptados com nova roupagem e personagens, sem prejudicar o enredo, além de novas situações que tornaram a história mais rica e dramática. 

    Os usuários do fórum foram representados de forma cômica e cada um com um hobby específico: existe o viciado em time de baseball, o cdf, o hikikomori, a garota fofa, a cosplayer, um casal, entre vários outros. O especial lançado após o fim da série completa a história de alguns desses usuários.

    Quarto do internauta hikikomori
    Quarto do otaku militar
    Vale comentar a abertura em anime produzida pelo estúdio Gonzo, a qual ficou muito bem feita. A personagem nela se chama Mina e está presente em vários momentos do dorama para demonstrar o lado otaku (estatuetas, sacolas, música, dubladora, etc).



    Yamada e a preciosa figure da personagem Miina

    Considerações Finais 
    O romance de Densha Otoko demonstra que o amor pode ocorrer entre duas pessoas de mundos diferentes e de forma inesperada. Além disso mostra o preconceito que existe na sociedade japonesa contra os otakus, que são vistos como a escória da sociedade. O dorama nos faz refletir a forma de enxergar as pessoas e que estas são muito mais do que aparentam ser.

    O esforço despendido por Densha Otoko para que Hermes o reconheça é comovente, demonstra que ele é um rapaz honesto, bondoso e que seu amor é verdadeiro. É um romance contextualizado numa sociedade rígida, na qual as pessoas são vaidosas e estão preocupadas com dinheiro e status, de relacionamentos voláteis e pouca empatia. 

    Ao superar as barreiras internas e externas (tímidez, falta de auto-estima, insegurança, discriminação) Densha Otoko se torna um herói e mostra que ainda há esperança no amor para os desiludidos com a vida e com as pessoas.


    キタ━━━(゜∀゜)━━━!!!!!
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

Akahon 2010 - 2016. Tecnologia do Blogger.