• Festival do Japão Brasília 2014

    Minna-san, genki desuka?! Hoje decidi escrever um post sem compromisso sobre o evento daqui de Brasília: o Festival do Japão 2014. Mas como assim sem compromisso?

    Alguns devem se lembrar da Akahon nos Matsuris de Curitiba, juntávamos uma turma maneira para vestir nossa camisa e fotografar/cobrir o evento. E no final vinha aquela cobrança para postar fotos e informar todos. Mas paramos com isso, atualmente queremos apenas apreciar o evento e, se der na telha, colocá-lo aqui. Todas as fotos antigas ainda podem ser vistas no Flickr da Akahon.

    Deixando as delongas do passado, em novas terras aproveitei o domingo, 27 de julho, no Festival do Japão em Brasília. O dia estava nublado, no início da tarde choveu um pouco e isso prendeu algumas pessoas em suas casas. Mas ainda assim encontrei um local bem movimentado e com comida de sobra.

    Dentre as opções, Yakissoba, Ramen, Udon e outros pratos quentes deliciosos, optei por comer um sorvete coreano frio. Foi este vilão que me fez quebrar a dieta do fim de semana:



    Optei pelo sabor de Cookie, e posso dizer que me arrependi de não ter comprado Melona. Esse sorvete é gostoso, normal, não é muito doce, mas a casquinha é borrachenta e achei que por 6 reais compensaria mais um sorvete de cone da Garoto. Apesar dele ser maior, ele tem uma casca oca, enganação!!! só no fim tem um chocolatinho gostoso. Minhas lombrigas não aprovaram. 

    Também comprei algumas coisinhas, um enfeite em origami nesse estande do panfleto ao lado:

    São lindos lindos os trabalhos do Atelier Naomi Uezo, elas trabalharam com algumas marcas famosas como Kenzo, decoram vitrines, fazem convites, cartões e etc. No site delas tem mais informações e fotos que vale a pena conferir. Consegui bater a foto desse pequeno tsuru valente:

    Foto: Larívia
    Achei umas bonecas japonesas lindas também. Essas debaixo estão dançando o Bon Odori, dança tradicional que remete aos antepassados.

    Fotos: Larívia
    "É no Bon Odori que reverenciamos os nossos antepassados, tanto na parte religiosa/espiritual (bon) quanto na parte festiva (odori). Desta forma, o Bon Odori é a expressão da alegria e da paz entre a terra e o céu." Fonte: http://www.anbgkaikan.com.br/bon_odori/bon_odori.html
    Teve exposição de Ikebana, Bonsai, Kendo, Artesanato, dentre outros. Achei interessante a exposição de alguns materiais antigos de desenho, como pincéis, tintas, carimbos, tudo realizado pelo Brasil Desenhado. Eles possuem um projeto para visitar vários locais no Japão e descobrir novos materiais e técnicas.

    No palco tiveram várias apresentações, Odori, Taiko... eu não acompanhei todas, fiquei um bom tempo vendo os estandes e ocupada com meu sorvete brochante.

    Notei que o evento não tinha muitos cosplayers, o público mesmo eram famílias e casais. Enfim, foi uma visita rápida, no próximo já prometi que irei com fome para provar outros pratos mais interessantes. É uma boa opção para ir encher a barriga e conhecer mais a cultura japonesa.

    Foto: Larívia
    Identidade Visual do Evento
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

Akahon 2010 - 2016. Tecnologia do Blogger.